Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

BEM VINDOS!

É imensa satisfação receber sua visita a este blog. Meu desejo é que os artigos postado possam edificar, consolar sua vida. Caso algum artigo lhe seja útil e queira usar fique a vontade para isso, pois tudo é feito para Honra e Glória do Senhor Jesus Cristo. Um pedido quero fazer, se você foi edificado, consolado indique este blog ao seu círculo de relacionamento. Minha oração ao Pai do Senhor Jesus Cristo é que Ele lhe abençoe imensamente, com todo sorte de Bençãos espirituais nos lugares celestiais.

Para Meditar

Em seu Emaill!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

TRANSLATE

Pesquisar este blog

10 de jan de 2012

SER SANTO OU SER MORALISTA

O século XXI começou com uma grande ênfase pós-moderna, onde os absolutos tornam-se errados ou no mínimo, suspeitos para ser aceito. Infelizmente estamos nos deparando com a entrada pós-moderna na Igreja. Ouve-se falar de teísmo aberto, teologia relacional, esses conceitos entram na Igreja, e os ensinos dados em seio meio enfatizam sobremaneira o ser humano ao invés e de Cristo ser o centro.
            Deus torna-se o servo e os cristãos ou crentes o senhor, tudo gira em torno do proveito próprio, do bem estar de cada um. Ouvem-se pregações do tipo: Deus quer te abençoar, mas, isso é parte da verdade e tantas palavras profetizadas que Deus não profetizou, mas que leva o indivíduo a viver uma vida egoísta centrada no eu.
            Uma palavra que está longe dos púlpitos hoje é sobre a santidade, sem a qual ninguém verá o Senhor, esta palavra não é popular, não traz público, porque afeta diretamente a conduta de cada cristão, interfere na vida pessoal porque é uma palavra que mostra o absoluto de Deus, e por este motivo está sendo sutilmente rejeitada.
            Pensando sobre a santidade, veio-me a mente: “qual o entendimento comum de santidade?” Entre as conversas que tenho presenciado sobre o assunto, santidade está ligada a aspectos morais, pensa-se que ser santo ou estar santificado é deixar as coisas imorais. Para mim os conceitos morais estão ligados diretamente a religiosidade, penso que Deus não está preso aos aspectos morais, não que Ele seja amoral, não é isso, mas ser santo não tem nada a ver com moralidade, ainda que o ser santo apresente aspectos morais, mas não é vivendo a moralidade que sejamos santos, se fosse assim há muitas pessoas que não tem vida com Deus e vive uma vida moral excelente, eles seriam santos.
            A Palavra de Deus nos exorta para que sejamos santos assim como Ele é santo (Levitico 11:44,45; 19:2 e I Pedro 1:16), não temos um mandamento para sermos morais porque Ele é um ser moral. O ser santo não depende de ser moral ou não, mas sim de ser santo assim como Ele é santo.
            Para ampliarmos o nosso entendimento sobre santidade que é o ato de ser santo, necessitamos entender um pouco mais sobre a palavra “santo”. Segundo J.I.Packer (vocábulos de Deus) define a palavra santo segundo o Hebraico qadosh e no grego hagios, expressam a idéia de separação ou a de ser separado.
            Ser santo significa que devemos ser separados, mas afinal como ser separado. Quando pensamos em algo separado para algum proveito, necessariamente devemos fazer duas perguntas: a primeira é: ser separado do que? E a segunda: ser separado para que? A resposta mais simples para essas perguntas são: Ser separado do mundo, para uso exclusivo de Deus.
            O problema em questão para ser santo está no fato de que se algo foi utilizado para uso indevido como, por exemplo: Se utilizarmos uma esponja para limpar banheiro, certamente não a utilizaremos para limpar pratos, porque a esponja está contaminada e se limparmos o prato contaminaríamos o mesmo. Para podermos usar essa esponja contaminada seria necessário purificá-la para poder ser utilizado em outro serviço.
            Assim, o ser humano está contaminado pelo pecado, precisando ser purificado para poder ser santo ou separado, conforme o Apóstolo Paulo diz:  "se alguém se purificar dessas coisas, será utensílio para honra, santificado e útil ao seu possuidor...”(II Timóteo 2:21).
            Pelo exposto chegamos a uma conclusão que ser santo depende de Deus que nos purifica e nos torna santo, não precisando praticar nenhum preceito moral para ser santo, mas sim viver conforme a obra redentora de seu Filho Jesus Cristo. Há muito ainda para ser dito, mas isso fica para outro momento, pois o objetivo aqui é de falarmos um pouco sobre ser santo, santificação e santidade. Não tínhamos o objetivo de fazer um tratado sobre o assunto, mas sim uma pequena explanação, para nos animarmos a estudarmos um pouco mais sobre este importante assunto que está em falta no seio da Igreja.
Postar um comentário

PARCEIROS

Www.Goocrente.Com - Acesse o Maior Pesquisador Cristão da Atualidade! Milhares de Sites Evangélicos, Estudos Bíblicos, Variedades, Cifras, Pastores, Igrejas, Eventos, Portais, Revistas, Rádios e muito mais.


Busca na web
Aonde.com - outros serviços: Download, Jogos e BuscaUrl
Cadecristo.com.br - Portal GOSPEL do Brasil - Pesquisa e busca 
evangélica - Jesus Cristo através da Internet

REDE SOCIAIS

União de Blogueiros Evangélicos
Uêba - Os Melhores Links

ARTIGOS E TEXTOS

O ARTIGO - Publique seus artigos de graça para milhares de leitores!

PROPAGANDA

 Carteiro Xpress
 Envie e-mails com
 facilidade e segurança.

  © Blogger templates Inspiration by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP