Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

BEM VINDOS!

É imensa satisfação receber sua visita a este blog. Meu desejo é que os artigos postado possam edificar, consolar sua vida. Caso algum artigo lhe seja útil e queira usar fique a vontade para isso, pois tudo é feito para Honra e Glória do Senhor Jesus Cristo. Um pedido quero fazer, se você foi edificado, consolado indique este blog ao seu círculo de relacionamento. Minha oração ao Pai do Senhor Jesus Cristo é que Ele lhe abençoe imensamente, com todo sorte de Bençãos espirituais nos lugares celestiais.

Para Meditar

Em seu Emaill!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

TRANSLATE

Pesquisar este blog

15 de jul de 2017

SOMOS AQUILO QUE ACEITAMOS RECEBER



“E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e escondeu-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim. E chamou o Senhor Deus a Adão e disse-lhe: Onde estás?” Gênesis 3:8,9.

Nestes versículos a Palavra mostra Deus vindo em busca de Adão e Eva no jardim pela viração do dia. E chamou o Senhor Deus a Adão. Isto infere que era costume de Deus vir ter com Adão para comunhão na viração do dia. Só que neste dia o Senhor Deus precisou chamar a Adão, pois provavelmente nos outros dias passados não precisava por Adão ouvir a voz do Senhor e ir ter com Ele. Neste dia Deus precisou chamar, algo havia acontecido. Adão havia perdido a comunhão com Deus, havia perdido a sua liberdade de estar diante de Deus, havia agora um medo terrível de Deus, o que aconteceu? Adão decidiu ouvir a voz da serpente (Satanás) ao invés de ouvir a voz do Senhor Deus. A consequência foi morte, foi lhe roubado a comunhão com Deus e o passo inicial para a destruição foi o medo, que o afastou de Deus pois sua consciência estava culpada, o inimigo do Senhor Deus já tinha iniciado seu ministério (“O ladrão não vem senão para roubar matar e destruir; ...” João 10:10). Muitas e muitas vezes criticamos a atitude de Adão e até gostaríamos de saber o que teria acontecido se Adão obedecesse a Deus. Esse fato é imutável, mas quantas vezes Deus quer ter comunhão conosco e não tem um retorno nosso, esse fato sim, pode ser mudado.
O Senhor Deus busca com quem Ele possa ter comunhão, isto vemos muito claro em sua Palavra: “Porque, quanto ao Senhor, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para como ele; ...” II Crônicas 16:9.
“Deus olhou desde os céus para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento e buscasse a Deus.” Salmo 53:2.
“Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que estejam comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá.” Salmo 101:6.
Olhando para Adão e sua atitude de ouvir a serpente, a grande lição a ser aprendida é não ouvir, não buscar conselho fora do Reino de Deus. Não ouvir as diversas vozes que estão no mundo. Isso também há um grande alerta na Palavra de Deus.
“Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.” Salmo 1:1,2.
“Não entres na vereda dos ímpios, nem andes pelo caminho dos maus. Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo. Provérbios 4:14,15.
“Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.” I Coríntios 15:33.
Para não cairmos no erro de Adão:
  • ·         Devemos primeiramente buscar a Palavra do Senhor (Josué 1:8);
  • ·         Buscar conselheiro sábios no Senhor (Provérbios 11:14; 15:22).
#renovandooentendimento

10 de jul de 2017

QUE BAGAGEM CARREGAMOS

Uma lenda popular do Oriente conta que um jovem chegou à beira de um oásis junto a um povoado e aproximando-se de um velho perguntou-lhe: _Que tipo de pessoas vive neste lugar? O ancião perguntou então: E que tipo de pessoas vive no lugar de onde você vem?  Um grupo de egoístas e malvados – replicou o rapaz – estou satisfeito de ter saído de lá. A mesma coisa você haverá de encontrar por aqui. _ O velho replicou. No mesmo dia, um outro jovem se acercou do oásis para beber água e vendo o ancião perguntou-lhe: Que tipo de pessoas vive por aqui? O velho respondeu com a mesma pergunta: _ Que tipo de pessoas vive no lugar de onde você vem? O rapaz respondeu: Um magnífico grupo de pessoas amigas, honestas, hospitaleiras. Fiquei muito triste por ter de deixá-las. _ O mesmo encontrará por aqui – respondeu o ancião. Um homem que havia escutado as duas conversas perguntou ao velho: Como é possível dar respostas tão diferentes à mesma pergunta? Ao que o velho respondeu: Cada um carrega no seu coração o meio ambiente em que vive. Aquele que nada encontrou de bom nos lugares por onde passou não poderá encontrar outra coisa. Aquele que encontrou amigos ali também os encontrará aqui.
Considerando esta lenda podemos então entender que tipo de bagagem nós temos carregado. A bagagem que carregamos se deixa evidenciar por aquilo que falamos. Jesus Cristo deixa isso muito claro em Mateus 12:33,35; 15:18, “Ou fazeis a árvore boa e o seu fruto, bom, ou fazeis a árvore má e o seu fruto, mau; porque pelo fruto se conhece a árvore. .... O home bom tira boas coisas do seu bom tesouro, e o homem mau, do mau tesouro, tira coisas más”.  “... Mas o que sai da boca procede do coração, e isso contamina o homem”.
Tiago ao escrever sua carta dedica mais da metade de um capítulo falando sobre a língua. A nossa língua expõe o nosso coração ou a bagagem que carregamos e ele diz: Tiago 3:2. No verso 11 ele então coloca algo muito interessante “da mesma fonte pode jorrar agua doce e salgada? De onde vem a água que a fonte despeja? Vem do aquífero ou seja da profundidade da terra. Isso concorda com o que Jesus ensina: que a boca fala do que o coração está cheio. O coração podemos entender como o aquífero e a boca a fonte e as palavras são as águas que saem da fonte. Nós podemos nos alimentar de um dos dois aquífero:
·         De Jesus Cristo que é o aquífero de águas vivas – João 4:10,14; 7:38.
·         Da carne – João 3:6; 6:63; Gálatas 5:16,19,24; 6:8

De qual dos aquífero estamos nos alimentando? Da carne ou do espírito? #renovandooentendimento

2 de jul de 2017

OUVINDO COM OUVIDO DE OUVIR PARA DISCERNIR O FERMENTO DOS FARISEUS



E, passando seus discípulos para a outra banda, tinham-se esquecido de fornecer-se de pão. E, Jesus disse-lhes: Adverti e acautelai-vos do fermento dos fariseus e saduceus. E eles arrazoavam entre si, dizendo: É porque não nos fornecemos de pão. E Jesus percebendo isso, disse; Por que arrazoais entre vós, homens de pouca fé, sobre o não vos tendes fornecido de pão? Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para cinco mil homens e de quantos cestos levantastes? Nem dos sete pão para quatro mil e de quanto cestos levantastes? Como não compreendestes que não vos faleis a respeito de pão, mas que vos guardásseis do fermento dos fariseus e saduceus? Então, compreenderam que não dissera que se guardassem do fermento do pão, mas da doutrina dos fariseus. Mateus 16:5-12.

            Neste texto Jesus alerta seus discípulos sobre o fermento dos Fariseus e Saduceus. Para compreendermos melhor precisamos saber quem são essas pessoas. Os Fariseus e Saduceus eram dois grupos de seitas Judaicas. A palavra Fariseu significa Separados, provavelmente em sentido ritual, eles observavam tanto as leis rabínicas como a lei mosaica (eram legalistas). Criam na ressurreição e em anjos.
Saduceus eram os que tinham maior influência política e controlavam o sacerdócio. Não acreditavam em anjo e nem na ressurreição. Para ele somente os cinco primeiro livros da Bíblia eram autoridade.
Quando Jesus os alerta sobre o fermento dos Fariseus e Saduceus eles não compreenderam e pensaram que Jesus os repreendia pela falta de pão. Jesus então os chama de homens de pequena fé. Em outras ocasiões Jesus os chamou assim (Mateus 6:30; 8:26; 14:31). Foi uma repreensão por causa da pequena fé e da compreensão inadequada. Muitas vezes também agimos assim, como não atentamos com seriedade para as Palavras de Jesus, também não compreendemos completamente, pois precisamos de ouvidos de ouvir para que a nossa fé possa crescer e não ficar pequena. Jesus então os lembra dos milagres dos pães multiplicados. Será que Jesus não era capaz de alimentá-los? Será que nós muitas vezes não somos lentos em aprender as verdades eternas que Deus quer nos ensinar por causa do nosso pré-condicionamento. Esse nosso condicionamento vem da nossa vida religiosa anterior a nossa conversão, o que leva muitas vezes a duvidarmos de Jesus e não compreendermos corretamente a sua Palavra.

Após Jesus relembrar os milagres da multiplicação, eles entenderam que Jesus falava da doutrina dos Fariseus e Saduceus. Afinal qual era essa doutrina? Lucas 12:1 “Ajuntando-se, entretanto, muitos milhares de pessoas, de sorte que se atropelavam uns aos outros, começou a dizer aos seus discípulos: Acautelai-vos, primeiramente, do fermento dos Fariseus, que é a hipocrisia”. Jesus em várias ocasiões os confrontou com esta atitude (Mateus 6:5; 23:23,25). Os esta ordenança Jesus quer ensinas os discípulos e a nós a estar vigilantes para não ser enganados por doutrinas que têm apenas uma boa aparência. Para completar essa lição Ele os leva para Cesaréia de Felipe e lhes faz uma pergunta: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?  #renovandooentendimento

PARCEIROS

Www.Goocrente.Com - Acesse o Maior Pesquisador Cristão da Atualidade! Milhares de Sites Evangélicos, Estudos Bíblicos, Variedades, Cifras, Pastores, Igrejas, Eventos, Portais, Revistas, Rádios e muito mais.


Busca na web
Aonde.com - outros serviços: Download, Jogos e BuscaUrl
Cadecristo.com.br - Portal GOSPEL do Brasil - Pesquisa e busca 
evangélica - Jesus Cristo através da Internet

REDE SOCIAIS

União de Blogueiros Evangélicos
Uêba - Os Melhores Links

ARTIGOS E TEXTOS

O ARTIGO - Publique seus artigos de graça para milhares de leitores!

PROPAGANDA

 Carteiro Xpress
 Envie e-mails com
 facilidade e segurança.

  © Blogger templates Inspiration by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP