Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

BEM VINDOS!

É imensa satisfação receber sua visita a este blog. Meu desejo é que os artigos postado possam edificar, consolar sua vida. Caso algum artigo lhe seja útil e queira usar fique a vontade para isso, pois tudo é feito para Honra e Glória do Senhor Jesus Cristo. Um pedido quero fazer, se você foi edificado, consolado indique este blog ao seu círculo de relacionamento. Minha oração ao Pai do Senhor Jesus Cristo é que Ele lhe abençoe imensamente, com todo sorte de Bençãos espirituais nos lugares celestiais.

Para Meditar

Em seu Emaill!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

TRANSLATE

Pesquisar este blog

29 de mai de 2014

PRINCÍPIO DO RECONHECIMENTO

Provérbios 3:6 – Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.

Aqui há um princípio ou lei. Neste versículo encontramos o princípio do reconhecimento, princípio este que aparece em toda a bíblia de Gênesis a Apocalipse. Quando falo de reconhecimento poderia também dizer princípio da confissão, ato de confessar aquilo que temos recebido, que temos sido ajudados ou que está pronta para poder ser usado.
Quando Jesus estava para entrar em Jerusalém ele chorou sobre ela, porque Jerusalém não o reconheceu (confessou) como o Messias, o Emanuel, esse não reconhecimento lhe custou mais tarde a destruição de todas a cidade, das pessoas e do templo – Lucas 19:41,42,44.
Na Cruz os dois ladrões que foram crucificados com Ele, um não o reconheceu, o outro o reconheceu e isto lhe trouxe a vida eterna, a Salvação.
Um exemplo Bíblico de uma pessoa que reconhecia o Senhor em todos os seus caminhos é Jó. Do capítulo 1 ao capítulo 2 verso 10, temos um relato de toda a sua atitude em meio a catástrofe pessoal, familiar e financeira. Satanás ataca Jó primeiramente em seus bens e filhos, matando e roubando tudo o que era precioso para Jó. Depois lhe infringe uma enfermidade que até sua mulher lhe sugere amaldiçoar a Deus e morrer e mesmo assim ele a repreende a atitude dela como de uma louca, declara que só devemos receber o bem de Deus e não o Mal. Em tudo isso Jó só reconhecia o Senhor em sua vida. Apesar de ser Satanás que estava lhe atacando, mas ele fixou os seus olhos e sua confiança em Deus.
Nós precisamos reconhecer o Senhor em nossos caminhos. Reconhecemos muitas coisas em nossos caminhos como: Satanás, as coisas da vida, o acaso, a sorte ou azar, maldições familiares ou hereditárias, mas falhamos em reconhecer o Senhor.

Não foi assim com Jó. Se somos filhos de Deus, devemos reconhecer nosso Pai no controle de todas as coisas boas ou más.

Romanos 8:28. Porque tudo concorre para o Bem daqueles que amam a Deus.

25 de mai de 2014

ENFERMIDADES DA ALMA

MATEUS 22:37Respondeu-lhes Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.

Quando Jesus sita este mandamento ele quer que sirvamos ao Senhor nosso Deus com tudo o que temos. Ele sita especificamente a alma porque nele encontramos emoção, inteligência e a vontade. Emoção todos tem e as sentimos dependendo das circunstâncias teremos uma maior emoção ou menor emoção. A inteligência, tem todos e ela se mostra num grau maior dependendo do desenvolvimento que damos a ela. A vontade é que faz com que tanto a emoção como a inteligência apareça num grau maior ou menor. Essa vontade exibirá maior ou menor grau de desenvolvimento se esta estiver sadia. O problema é que a alma está enferma e a bíblia aponta três enfermidades da Alma.
1ª enfermidade está em Tiago 1:8, Lucas 14:29,30 – Inconstância (ânimo dobre) – Se evidencia pela fato de querer mas não quereR – é como a borboleta que revolta em torno de um e de outro objeto sem se fixar em nenhum. Na parábola do Semeador em Mateus 13:20,22 – duas terras era de tipo inconstante. Nunca produz nada. Fica sempre no desejo, sem realiza-lo.
2ª enfermidade é citada no Salmo 42:6; Jó 10:10 -  Desânimo – aqui se evidencia pela incapacidade de um empenho prolongado. Agem como se a reserva de energia fosse extremamente limitada. Inicia um projeto e por ser muito longo desanima.
3ª enfermidade temos um exemplo em Jonas 1: 1-3 – Voluntarioso (caprichoso) é aquele que age somente pela sua vontade. Esse tipo de pessoa só para quando bate na parede. É como o touro que fixa a sua visão em um objeto, fecha os olhos e parte para cima dele sem se preocupar com o que está em seu caminho. Jonas só parou quando foi engolido pelo peixe, pois estava fazendo a sua vontade e não a de Deus.
O que precisamos desenvolver para curar essas enfermidades?
Essas enfermidades são curadas pelo desenvolvimento de um relacionamento íntimo com Deus. Vejamos algumas atitudes a serem desenvolvidas para a cura dessas enfermidades.
Esperar em Deus – Salmo 40:1; 42:11;
Confiar no Senhor – Salmo 55:22; 125:1;
Crer no Senhor e nos seus Profetas – Romanos 10:14,17; 2 Crônicas 20:20.


   O JUSTO VIVERÁ DA FÉ -  Gálatas 3:11; Hebreus 10:38

9 de mai de 2014

A CONQUISTA DE SI MESMO


A conquista de si mesmo se dá pela nossa disciplina pessoal, abaixo uma história seja ela verdadeira ou não nos ajuda a entender isso.
Certo monarca, visitando o rei de Esparta, quis saber o segredo da resistência férrea dos soldados espartanos. Foi-lhe dito residir o segredo numa sopra preta que era parte da ração de cada soldado. Insistiu o monarca em prova-la, mas qual não foi sua decepção ao leva-la a boca. Era intragável. “Não se impressione”, explicou-lhe o anfitrião com ironia, o tempero desta sopa consiste em rígida disciplina pessoal. Assim o era, na verdade. O monarca, afeito a uma vida fácil, rodeado do luxo da corte, não podia apreciá-la. Sem esta rígida disciplina pessoal, inculcada desde a infância, nunca teriam os soldados de Esparta escrito a imortal página das Temópilas. Quando outros teriam preferido uma retirada honrosa, ou fuga justificável sob todos os pontos, aqueles heróis, educado na escola do domínio-próprio, julgaram mais digno manter sua posição até o último homem.
Pitágora: Nenhum homem é livre que não se pode dominar.
Para ilustrar esse tema vejamos a vida de Sansão, de que aquele que é dominado por suas paixões é homem fraco. Sansão um herói bíblico por suas façanhas de extrema força, exposta por suas sete proezas;
1.       O estrangulamento do leão a mão desarmada ( juízes 14:5,6);
2.       O massacre de trinta homens em Asquelão ( Juizes 14:19);
3.       A queima dos campos dos filisteus com auxilio de trezentas raposas (Juizes 15: 4,5);
4.       O segundo massacre dos filisteus (Juizes 15: 7,8);
5.       A matança de mil homens com uma queixada de jumento (Juizes 15: 15,16);
6.       A remoção dos portões de gaza (Juizes 16:3);
7.       A derrubado do templo de Dagom. (Juizes 16:29,30).
Sansão sempre andou em cima da linha tênue que divide a disciplina do domínio próprio, da falta de disciplina do domínio próprio (Prov. 16:32). Sansão viveu sendo escravo de suas paixões e, como escravo, morreu. A liberdade não é um direito intransferível, mas um merecimento. Aqueles que a desprezam, perdem-na implacavelmente.
Sansão acabou caindo nas mãos do inimigo, porque jamais conseguiu dominar a si mesmo. Brincava de deixar-se amarrar, e amarrado ficou.
Felizmente, arrependeu-se na última hora e procurou redimir sua vida fracassada com um último ato de esforço e fé. Venceu, mas como poderia ter sido sua vida tivesse dominado a si próprio.
São Tomaz de Kempis dizia: nenhum conflito é tão severo como o daquele que luta para dominar o eu.
Por estranho que pareça não podemos escolher quando o assunto é o domínio próprio. Ou nos dominamos pela aplicação dos controles interiores, ou seremos dominados pelas circunstâncias. Mas nesta caso, o efeito será desastroso sobre nosso caráter e nossa liberdade.

Deus através do Espírito Santo tem nos dado o domínio-próprio,  pois é um fruto do Espírito. Agora o domínio-próprio é uma conquista diária, em que as pequenas vitórias de hoje preparam as vitórias maiores de amanhã. Pequenas renúncias do apetite, pequenos sacrifícios do comodismo são os degraus da escada íngreme que leva ao domínio do próprio eu.

4 de mai de 2014

A PEQUENA IGREJA FORTE


Li na revista Liderança Hoje número 5, uma mini-entrevista com Christian A. Schwarz autor de Desenvolvimento Natural da Igreja, que afirma que igrejas menores superariam igrejas maiores. Por entender que é muito importante para todos os pastores que estão trabalhando pelo evangelho com congregações pequenas e que muitas vezes sentem-se frustrados quando vê grandes igrejas e cede a tentação de compara-las. Esta entrevista dá um novo ânimo e por isso digitalizei a página e a publico abaixo. 


LIDANDO COM O EU

Quando pensamos em desafios na vida cristã muitas vezes relacionamos estes desafios com luta espiritual envolvendo as hostes das trevas. O mais incrível é que o nosso desafio máximo que enfrentamos para honramos a Cristo é o morre para o EU. A visão de Deus sobre o EU é oposta a sabedoria do mundo (Provérbios 14:12; Jeremias 10:23; I Coríntios 3:19,20).
Somos constantemente tentados a agir de modo egoísta, com pensamento, palavras e ações que tem um efeito devastador para o corpo de Cristo e para a nossa caminhada pessoal com o Senhor.
Como Deus vê (Mateus 22:39; Efésios 5:29)
O maior problema do ser humano é dar a si mesmo uma tentação demasiada (Lucas 9:24; Filipenses 2:19-21).
Olhando adequadamente para nós mesmo resulta na compreensão de quem somos em Cristo (Romanos 8:14-17; Colossenses 2:9-12), isto é o que somos em Cristo, Filhos de Deus. Não somos merecedores, somos incapazes de viver como Deus quer, mesmo assim Ele nos escolheu para sermos testemunhas do seu poder diante do mundo (I Coríntios 1:26-31) e nos deu um propósito de vida, conformando com a imagem de Cristo (Romanos 8:28,29).
Nossa resposta obediente a Deus em quaisquer circunstâncias em todo o nosso agir (pensamento, palavras e ações) demonstra nosso contentamento (João 15:10,11; II Coríntios 4: 7-10).
Obedecendo a Deus em nossa caminhada diária revelamos amor pelo Senhor Jesus e expressamos os eu senhorio em nossa vida (João 14:15,21,23,24; Mateus 7:21).
Devemos ser gratos a Deus porque fomos formados de modo assombrosamente maravilhoso (Salmo 119:73; 139:13,14).

Mesmo que tenhamos alguns problemas físicos, doenças crônicas, o Plano de Deus é usa-las para o nosso bem e para a Glória dEle ( Romanos 5:3-5; I Coríntios 10:13; II Coríntios 12:9,10).

PARCEIROS

Www.Goocrente.Com - Acesse o Maior Pesquisador Cristão da Atualidade! Milhares de Sites Evangélicos, Estudos Bíblicos, Variedades, Cifras, Pastores, Igrejas, Eventos, Portais, Revistas, Rádios e muito mais.


Busca na web
Aonde.com - outros serviços: Download, Jogos e BuscaUrl
Cadecristo.com.br - Portal GOSPEL do Brasil - Pesquisa e busca 
evangélica - Jesus Cristo através da Internet

REDE SOCIAIS

União de Blogueiros Evangélicos
Uêba - Os Melhores Links

ARTIGOS E TEXTOS

O ARTIGO - Publique seus artigos de graça para milhares de leitores!

PROPAGANDA

 Carteiro Xpress
 Envie e-mails com
 facilidade e segurança.

  © Blogger templates Inspiration by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP