Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

BEM VINDOS!

É imensa satisfação receber sua visita a este blog. Meu desejo é que os artigos postado possam edificar, consolar sua vida. Caso algum artigo lhe seja útil e queira usar fique a vontade para isso, pois tudo é feito para Honra e Glória do Senhor Jesus Cristo. Um pedido quero fazer, se você foi edificado, consolado indique este blog ao seu círculo de relacionamento. Minha oração ao Pai do Senhor Jesus Cristo é que Ele lhe abençoe imensamente, com todo sorte de Bençãos espirituais nos lugares celestiais.

Para Meditar

Em seu Emaill!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

TRANSLATE

Pesquisar este blog

22 de out de 2013

CONSELHOS PARA SAIR DO LUGAR DE CONFORTO



Segundo o Apóstolo Paulo nós somos um depósito (2 Timóteo 1.12) que Deus dia a dia deposita em nós a sua Palavra, ao mesmo tempo segundo o apóstolo somos também despenseiro (I Coríntios 4.1) e como despenseiro temos uma responsabilidade (I Coríntios 9.16,17). Ao depositar em nós Deus tem feito um investimento, e esse investimento precisa de uma postura de fé, ou seja, uma ação que venha cumprir a promessa referente a esse depósito. Precisamos de sabedoria para que possamos cumprir esse propósito como depósito e também como despenseiro.
Em Eclesiastes 11.1-6, Salomão nos dá alguns conselhos que irão nos desafiar como despenseiros das bênçãos de Deus em nossas vidas.
- No verso 1 encontramos o primeiro conselho: “ Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás.” Para cumprirmos esse conselho precisamos ter coragem para assim como Deus tem coragem de depositar em nós a sua Palavra e as suas bênçãos, teremos também de ter coragem de depositar em Deus nossa confiança e esperança no Reino. O pão é a nossa fonte de alimentação que corresponde ao nosso sustento. Lançar o pão sobre as água demanda coragem para se arriscar numa aventura sobrenatural, pois temos plena consciência de que o pão lançado sobre as águas a possibilidade de ir com o mover da água e sumir é grande, mas também sabemos que se não houver em nós a disposição de arriscar, de investir nesta ação não haverá retorno, ainda que o verso nos garante retorno. Quando Salomão diz que “depois de muitos dias o acharás”, demonstra que aquele que se envolver nisto é alguém que vê em longo prazo.  Temos ainda a garantia de esse depósito que estamos fazendo nosso parceiro nesta empreitada é o Espírito Santo.
- O Segundo conselho esta no verso 2 – “reparte ainda com sete e ainda com oito, porque não sabes que mal sobrevirá à terra”, aqui há uma exortação não nos isolarmos, mas nos associarmos e dividir aquilo que temos recebido, e desta forma granjear amigos. Sobre o granjear amigos o Senhor Jesus nos dá uma parábola (Lucas 16.1-9) o administrador infiel. Por não sabermos que mal sobrevirá a terra esses amigos nos receberão. Há um princípio espiritual nisso, quem ajuda é também ajudado. O verso 3 evidência esse conselho do verso 2, pois quando as nuvens estão cheias e natural que derrame um aguaceiro e se uma árvore caiu para um lado ou para o outro ali onde caiu fique, porque as coisas são assim mesmo, sobre isto não há muito o que explicar. Mas se repartirmos daquilo que temos recebido, certamente quando as coisas acontecerem estaremos prontos e preparados.
- No verso 4 “Quem somente observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará.” Esta atitude de inércia ou de olhar os obstáculos paralisam muitas pessoas. Somos chamados por Deus para vivermos de outra maneira, não fomos chamados para sermos somente enfeites em seu Reino e Igreja. Deus quer que sejamos voluntários, que tenhamos iniciativa, assim como Isaias se dispôs a Deus quando Ele disse “A quem enviarei?” Isaias respondeu voluntariamente e por iniciativa própria “envia-me a mim”.  
- “Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da mulher grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as cousas.” Verso 5. Como não sabemos o operar de Deus, devemos então agir com Fé sabendo que Deus está no escondido agindo, e que Ele é digno de toda a confiança. Desse modo depositamos nossa confiança e esperança em Deus e não em nossa própria capacidade e conhecimento para fazer com que as sementes plantadas possam germinar. Semeie com Fé.
- Como último conselho de Salomão – “Semeia pela manhã a tua semente e à tarde não repouse a mão, porque não sabes qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas.”  O agricultor quando semeia ele não deixa a semente semeada sem cuidados. Toda semeadura necessidade de cuidados enquanto o mistério da vida opera sob a terra, é necessário tirar as ervas daninhas que crescem muito mais rápido que a semente e pode sufocá-la (Mateus 13. 1 – 23 – parábola do Semeador). Assim também nós quando semeamos a Palavra de Deus devemos estar apercebido e não baixar a guarda, mas permanecermos firmes cuidando até que aparecem os frutos.  


14 de out de 2013

DISCIPULADO



O grande alvo de Deus para nós é nos conformar a imagem de seu Filho Jesus Cristo (Romanos Atingir esse alvo só é possível quando permanecermos na sua Palavra.
João 8:31,32 – Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
Jesus neste texto enfoca para os que criam de permanecer na Palavra, de discipulado, de conhecer a verdade e de libertação.
- Para Permanecermos na Palavra precisamos primeiramente receber a Palavra, pois, por receber que o discipulado nasce. Ele, Jesus, é a Palavra, Ele fala a Palavra, e ela é uma Palavra concernente ao Pai e a Ele mesmo.
- Continuar na Palavra é a prova do verdadeiro discipulado.
1. Ela é uma palavra que se expande que cresce em nós. Nela fazemos descobertas continuamente.
2. Ela é uma Palavra vivificadora, que mantém a velha vida, contudo produzindo uma nova (Salmo 119:50).
3. Ela é uma Palavra fortalecedora.
4. Ela é uma Palavra santificadora. Ela purifica, detecta o mal e expurga-o e derrama santidade na alma.
- Como resultados do discipulado têm o conhecimento da verdade. Conheceremos a verdade, não uma verdade, nem parte dela, mas a verdade. O todo dela, não o erro. Seremos sábios em Cristo, Nele que é a nossa sabedoria (I Coríntios 1:24,30).
- O conhecimento da verdade é liberdade.
Toda verdade é liberdade e todo erro é escravidão (Horatius Bonar viveu no século 18).
A escravidão está associada à tirania ao mau governo, ao despotismo civil e eclesiástico. A verdade o libertará! São livre aqueles que a verdade liberta.
Jesus disse: “Sejam Livres”. Como?

Tornando-se meus discípulos, conhecendo a verdade que ensinarei e seguindo-me.

PARCEIROS

Www.Goocrente.Com - Acesse o Maior Pesquisador Cristão da Atualidade! Milhares de Sites Evangélicos, Estudos Bíblicos, Variedades, Cifras, Pastores, Igrejas, Eventos, Portais, Revistas, Rádios e muito mais.


Busca na web
Aonde.com - outros serviços: Download, Jogos e BuscaUrl
Cadecristo.com.br - Portal GOSPEL do Brasil - Pesquisa e busca 
evangélica - Jesus Cristo através da Internet

REDE SOCIAIS

União de Blogueiros Evangélicos
Uêba - Os Melhores Links

ARTIGOS E TEXTOS

O ARTIGO - Publique seus artigos de graça para milhares de leitores!

PROPAGANDA

 Carteiro Xpress
 Envie e-mails com
 facilidade e segurança.

  © Blogger templates Inspiration by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP