Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

BEM VINDOS!

É imensa satisfação receber sua visita a este blog. Meu desejo é que os artigos postado possam edificar, consolar sua vida. Caso algum artigo lhe seja útil e queira usar fique a vontade para isso, pois tudo é feito para Honra e Glória do Senhor Jesus Cristo. Um pedido quero fazer, se você foi edificado, consolado indique este blog ao seu círculo de relacionamento. Minha oração ao Pai do Senhor Jesus Cristo é que Ele lhe abençoe imensamente, com todo sorte de Bençãos espirituais nos lugares celestiais.

Para Meditar

Em seu Emaill!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

TRANSLATE

Pesquisar este blog

27 de mai de 2013

ALIMENTE-SE, NÃO DE PÃO.



Tu, ó filho do homem, ouve o que eu te digo, não te insurjas como a casa rebelde; abre a boca e come o que eu te dou. Então, vi e eis que certa mão se estendia para mim, e nela se achava o role de um livro. Estendeu-o diante de mim, e estava escrito por dentro e por fora; nele, estavam escritas lamentações, suspiros e ais. Ainda me disse: Filho do homem, come o que achares; come este rolo, vai e fala à casa de Israel. Então, abri a boca e ele me deu a comer o rolo. E me disse: Filho do homem, dá de comer ao teu ventre e enche as tuas entranhas deste rolo que eu te dou. Eu o comi, e na boca me era doce como o mel. Ezequiel 2:8-3:3.

Observando atentamente este texto descobriremos que aqui há uma situação específica para o profeta Ezequiel, mas que serve de exortação para nós. Todo o texto fala em se alimentar de um livro, ou seja, entendemos que assim como o profeta nós também devemos comer este livro que pelo relato da mão estendida de que não é algo natural e sim espiritual, sendo assim não vem dos homens, mas diretamente de Deus, por isso fica claro que este livro é a Palavra de Deus, que devemos receber pelo coração e deve ser digerido pelo nosso interior, isto fica claro pelas Escrituras que mostram a Palavra de Deus como um alimento, conforme: Jó 23:12; Deuteronômio 8:3; Jeremias 15:16 e Apocalipse 10:8-10. Devemos encher nosso íntimo, pensamentos e emoções com esse alimento espiritual que é a Palavra de Deus.
Este alimento espiritual deve ser comido assim como comemos alimentos naturais, que entram pela nossa boca e caem no estomago, onde é digerido e distribuído pelo corpo através do sangue. Assim deve ser com o alimento espiritual entra pelo ouvido e vai ao coração onde é digerido pela meditação é armazena-se em nosso espírito para nos dar crescimento, fortalecimento, confiança e intrepidez. O apostolo Pedro nos exorta dizendo em I Pedro 2:2 que devemos desejar ardentemente o leite racional não falsificado para que por ele cresçamos para a salvação.
Este alimento espiritual assim como os alimentos naturais é provido de sabor, pois o profeta Ezequiel diz que assim que entrou pela boca ele tinha o sabor como de mel (Salmos 19:10; 119:103). O apóstolo João na ilha de Patmos também teve uma experiência semelhante a de Ezequiel conforme Apocalipse 10:8-10 e sentiu o sabor de mel quando entrou pela boca e que ao cair no estomago ficou amargo. Isto mostra que necessitamos ser capazes de lidar com o doce e como também com o amargo desse alimento.  Muitas vezes a Palavra de Deus quando chega a nós tem um sabor de mel, como diz o profeta Jeremias (15:16) que quando comeu o livro teve gosto de gozo e alegria. Assim a Palavra de Deus quando chega a nós também nos dá gozo e alegria, mas depois pode ter um gosto amargo. O Senhor Jesus Cristo nos ensina isso em Mateus 10:37-39; 16:24,25, quando diz que se amarmos mais a mãe, irmão, irmã ou se amarmos mais a nós mesmos não somos dignos dEle. Quando comemos essa Palavra ela em nós vai nos exigir alguma atitude e, muitas dessas atitudes estão diretamente ligado a negação de nossa natureza pecaminosa, de nossos bens, de nossas afeições pessoais e de nós mesmos. Para podermos lidar com o amargo desse alimento espiritual precisamos amar a Palavra de Deus acima de tudo (Salmo 119:47,48;72;97), sabendo que somente através dela é que teremos a Vida Eterna e que é por ela que somos nova criatura, pois essa Palavra que nos alimentamos é o próprio Cristo, Ele mesmo diz isso em João 6:35 – Declarou-lhes, pois Jesus: Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; e o que crê em mim jamais terá sede.

QUE O ESPÍRITO SANTO, QUE EM NÓS HABITA NOS AJUDE A NOS ALIMENTAR DESSE PÃO E A AMAR A PALAVRA DE DEUS ACIMA DE QUALQUER COISA OU PESSOA.

23 de mai de 2013

O HOMEM É ERVA




Isaias 40: 1-8 – Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus. Falai ao coração de Jerusalém, bradai-lhe que já é findo o tempo da sua malícia, que a sua iniquidade está perdoada e que já recebeu em dobro das mãos do Senhor por todos os seus pecados. Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus. Todo vale será aterrado, e nivelados, todos os montes e outeiros; o que é tortuoso será retificado, e os lugares escabrosos, aplanados. A glória do Senhor se manifestará e toda a carne e verá, pois a boca do Senhor o disse. Uma voz diz: Clama; e alguém pergunta: Que hei de clamar? Toda a carne é erva, e toda a sua glória, como a flor da erva; seca-se a erva, e caem as flores, soprando nelas o hálito do Senhor. Na verdade, o povo é erva; seca-se a erva, e cai a sua flor, mas a palavra do nosso Deus permanece eternamente.

Os versos 1 e 2 iniciam com um chamado ao consolo, esse consolo era o fim do sofrimento, a desobediência estava plenamente castigada e o pecado perdoado. Esses versos apontam diretamente para a Obra de Cristo na Cruz, pois foi somente ali que todo sofrimento teve fim e que a desobediência foi plenamente castigada, quando Cristo sofreu por todos os nossos pecados, levando todas as nossas enfermidades e doenças, profetizado pelo próprio Isaias (Is. 53).
Nos versos 3 a 8 mostra o mensageiro e sua mensagem que deve vir adiante do messias, esse mensageiro é João Batista (Mateus 3:3,4; Lucas 3:4-6) e sua mensagem (Mateus 3:2). Se compararmos a mensagem que João Batista trouxe que era um chamado ao Arrependimento e a mensagem profetizada por Isaias, podemos achar que não há relação. Se observarmos mais atentamente a mensagem em Isaias veremos que esta mensagem está falando do ser humano e sua natureza pecaminosa, quando a erva é o homem (ser humano) (Is. 51:12) a flor da erva a sua natureza (Tiago 1:10; I Pedro 1:24,25). Assim a mensagem que João Batista trouxe de arrependimento ajusta-se corretamente com a mensagem em Isaias, pois o homem (ser humano) deve arrepender-se dessa natureza pecaminosa que está nele.
Ao final do verso 8 a mensagem faz uma comparação da erva com a palavra do Senhor. Essa palavra eterna entra em contraste com o homem em sua fragilidade, vaidade e com sua vontade corrupta. Essa palavra eterna e permanente é o próprio Cristo conforme João 1:1,2,14 e Hebreus 13:8. Porque o Senhor Jesus é imutável, a ação do ser humano em relação a essa palavra deve ser de plena confiança nEle. A nossa sociedade está em plena modificação, conceitos antigos que se tinha como correto, hoje está na condição de errado. Porque na sociedade conceitos vão e vem, fica muito difícil confiar nela pois não sabemos o que está preparado para amanhã e ficamos a mercê dessa sociedade que nos deixa temerosos pelo que virá. Assim a Palavra de Deus torna-se um lugar onde podemos confiar, ou seja, o Senhor Jesus como a Palavra encarnada é a pessoa certa para confiarmos sabendo que essa palavra não muda como ele mesmo disse em Mateus 24:35 – Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão. A sociedade vai passar, o céu e a terra podem deixar de existir, mas as Palavras do Senhor nunca deixará de existir porque Ela é Eterna.

PORQUE A PALAVRA DE DEUS É ETERNA E IMUTÁVEL, PODEMOS CONFIAR PLENAMENTE NESSA PALAVRA.


13 de mai de 2013

OUVIDO DE OUVIR



Hebreus 5:11 – A esse respeito temos muitas cousas que dizer e difíceis de explicar, porquanto vos tendes tornado tardios em ouvir.

            O escritor de Hebreus deixa claro que eles eram tardios para ouvir. Ele diz isso porque quando os hebreus deveriam ser mestres pelo tempo de vida cristã ainda precisavam que lhes ensinassem os fundamentos da fé (Hb 5:12).
            Será que os hebreus não tinham ouvido? Se tinham, porque o escritor diz que eles eram tardios para ouvir? Para respondermos a estas perguntas é necessário entender o que a Palavra de Deus fala sobre ouvir. Segundo as Palavras do Senhor Jesus Cristo em Mateus 7:24-27 e segundo Tiago 1:23,24 e Apocalipse 2:7,11,17, ouvir não é somente a função do ouvido, é algo ainda mais profundo, pois o verdadeiro ouvir e seguido de obra ou seja eu ouço e obedeço ou pratico o que ouvi. Se não for assim o meu ouvir está somente ligado a função do ouvido.
            Alguém usando Provérbios 28:9 – diz que: Ouvir é a chave para respostas de oração.
            Utilizando este texto para uma aplicação pessoal, vem-nos a mente uma pergunta: Se não estou ouvindo segundo a Palavra de Deus me diz que é ouvir, o que será que me impede de ouvir deste modo?
            O maior impedimento para ouvir é o descuido. Vamos a partir de agora analisar algumas características desse descuido.
            - Segundo Ezequiel 33:32 uma característica é o sentimentalismo, pois ouvem com o sentimento e não com o espírito. Muitas pessoas após ouvirem uma mensagem cristã parabenizam o ministrante pela beleza e profundidade da mensagem que só lhes atingiu o sentimento e mais nada, a mensagem não é posta em prática.
            - Em Mateus 7:26 outra característica é a desobediência. Ouvimos, sabemos o que devemos fazer e não fazemos por não querermos obedecer.
            - Mateus 13:19 a característica aqui é superficialidade. Isto está ligado diretamente a minha posição em relação ao Reino de Deus, não desejo estar muito comprometido com esse Reino, prefiro ficar em cima do mura, pois se a coisa apertar posso saltar para o outro lado.
            - Lucas 16:31 a característica é a dureza de coração. Neste texto Jesus apresenta alguém que só obedecerá se acontecer algo extraordinário espiritualmente, são aqueles que dizem: se um anjo descer do céu, eu farei ou obedeço somente a Jesus e esquecem que Deus tem deixado a Palavra Dele e profetas e mestres para que se obedeça ao Senhor.
            - Tiago 1:23,24 – é esquecimento. A pessoa ouve a Palavra e logo esquece, quando perguntado sobre o que foi ministrado ela diz algo assim: foi uma benção, estava maravilhoso, mas nunca cita nada da ministração.
            Se nos encontramos em nós alguma dessa característica o que devo fazer para que possa ter ouvido para ouvir?
            Segundo Lucas 8:15 e 19:48 precisamos buscar em Deus um coração Renovado, e ouvir atentamente.
            Se agirmos deste modo teremos segundo Provérbio 8:34,35; 15:31 – felicidade, vida e morada entre os sábios.
            

5 de mai de 2013

Mutirão Mundial de Oração

JUNTE-SE E ENVOLVA SUA IGREJA NO MUTIRÃO MUNDIAL DE ORAÇÃO - Maiores informações você poderá obter junto ao site www.maosdadas.org/mmo

PARCEIROS

Www.Goocrente.Com - Acesse o Maior Pesquisador Cristão da Atualidade! Milhares de Sites Evangélicos, Estudos Bíblicos, Variedades, Cifras, Pastores, Igrejas, Eventos, Portais, Revistas, Rádios e muito mais.


Busca na web
Aonde.com - outros serviços: Download, Jogos e BuscaUrl
Cadecristo.com.br - Portal GOSPEL do Brasil - Pesquisa e busca 
evangélica - Jesus Cristo através da Internet

REDE SOCIAIS

União de Blogueiros Evangélicos
Uêba - Os Melhores Links

ARTIGOS E TEXTOS

O ARTIGO - Publique seus artigos de graça para milhares de leitores!

PROPAGANDA

 Carteiro Xpress
 Envie e-mails com
 facilidade e segurança.

  © Blogger templates Inspiration by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP